Falar sem se empenhar é nada!

Total de visualizações de página

15 de nov de 2011

DeCEpçÃO...


Tou péssima... mas comigo mesma!
Este mês não perdi uma grama... na verdade, não tenho feito por onde.
Estou toda destrambelhada.... comendo mais do que deveria, me exercitando zero e o fatal, não estou indo para terapia!
Estou aqui pensando numa estratégia para correr atrás do prejuízo.

Mas o principal, tenho refletido na seriedade que é preciso ter em relação a mudança de comportamento, de modelo mental.
Esta é a chave. Afinal, do que adianta se submeter a uma cirúrgia tão séria e achar que tudo se resolverá como mágica.
Acho que no fundo esta ilusão nos acompanha.
Acreditem, este pós está complicadíssimo! Já fazem 7 meses...não posso desanimar! Não a esta altura!
Não quero esperar a "segunda-feira" chegar. Tenho que me mexer já!
Vou agora mesmo correr para esteira, e espero daqui a pouco trazer boas novidades em relação à perda de peso.

22 de ago de 2011

Em, eM, Em... sAí DoS CeMMmmm....

Hahahah!
Tou muito feliz, subi em cima da balança e sai dos três digitos... Iupí!

Peso no dia da Gastro - 120Kg
Peso atual - 98,6Kg


Só não vou emagrecer...

Estou emagrecendo.

Estou emagrecendo.
Estou emagrecendo.
Estou emagrecendo.
...



 

30 de jul de 2011

PeRdA De PeSo LeNTa... pErDa dE CaBELo RáPidA!

Ainda estou com 100 Kg!
Mas meu IMC que antes era 40,6 está em 33,8.

Esta semana fiquei hiper feliz, entrei no manequim 48!
Os números 50 foram excluídos da minha vida... falta agora sair dos 3 dígitos da balança.
Meus cabelos começaram a cair... me dei conta da quantidade hoje quando terminei de varrer a casa, triste!
Tenho que ir num dermato com urgência.



Na verdade preciso fazer muitas coisas fora ir na dermato:

- Caminhar;
- Tomar a reposição de vitamina B;
- Agendar a nutri;
- Não esquecer do Centrum;
- Fazer os exames laboratórias do pós-operatório.


Me dei o prazo de 2 semanas.
Logo trarei mais novidades!

12 de jul de 2011

3 mEseS - BaLanÇa EmPAcADa

Já passaram-se 3 meses. Agora são -19 Kg,
mas nestas últimas semanas sair dos 103 kg foi uma eternidade.
Bem... finalmente me liberei da cinta :-)
Tou achando minha barriga muito flácida, o que é péssimo... mas, tenho minha parcela de culpa, tou praticando ZERO de exercício físico.
Substituí apenas as ídas para o trabalho de carro por uma sutil caminhada de 500m.


Exclui o almoço da lancheira, levo para o trabalho apenas os lanches dos intervalos da manhã e tarde.
Tou mais disciplinada com o Centrum... tenho esquecido muito menos.

Hoje tentei comer picolé de goiaba depois do almoço e mais uma vez foi na trave, faltou pouco para que eu passassem mal :-(
Esta foi a segunda vez que isto aconteceu após o picolé deste sabor...
já vou suspender.
Aí está mais uma de minhas restrições. É assim que funciona, experimentando e experimentando.

As pessoas tem sempre comentado a diferença de peso, o que é muito bom.
Isto sim, me estimula e me deixa feliz.

Ah, no final de junho fui numa consulta com Dr. Flávio.
Ele passou um trambolho de exames e reposição de vitamina B (3 injeções).



9 de jun de 2011

2 MeSes E TuDo BeM...

Eita, eita, eita...

dois meses se passaram, muitas coisas aconteceram, e o mais importante, 15 quilos foram eliminados!
Este, para mim, é um período de adaptação e reconhecimento de limites.

Comecei a comer um pouco de tudo, passei mal alguns bocados de vezes, vomitei umas duas.

Líquido logo após comer não entra, não bebo refri, arroz fora de casa me faz super mal, nem pensar comer qualquer coisa que ultrapasse o meu limite, goles grandes de água não entram, muito tempero enjoa, picolé de fruta é tudo! Não consigo mais nem olhar pra cara de inhame e vitamina de banana...

Ah, o Centrum desce legal, só divido em duas partes o comprimido, a luta é não esquecer de tomá-lo.

Cada dia começo a entender melhor o que posso e o que não posso, é de fato tentantivas, erros e acertos.

Na próxima semana estou retornando a Nutri, aí terei mais novidades... e em quinze dias volto em Dr. Flávio, vamos ver quais serão as demandas.

E para ilustrar, eu... mais leve :-)


19 de mai de 2011

Um MêS e MEiO

Primeira foto depois da gastro... retorno ao trabalho, retorno à faculdade, retorno à vida!!!


Mto feliz!!! Menos 2 números no manequim... :-)

18 de mai de 2011

ApAReCeU a MaRGaRidA! PeRdA De PEsO...




Borboletas do meu coração...

Primeiro me perdoem o sumiço, sinto que realmente estava no meu casulo... momentos de reflexão.

Tou meio tristinha com a perda de peso, que está bem lentinha... 12 Kg em 45 dias.

A parte mais difícil para mim, depois deste 1 mês e meio, é a alimentação. Não entalo, tou comendo quase tudo (desde que seja de fácil digestão), mas tou altamente desregulada nos horários e na qualidade.

Também tenho a impressão, quando comparando com outros relatos, que a quantidade de comida que como é grande. Dificilmente sinto dor e vomitei uma única vez (mas foi trela minha). Assim, não acho que tou indo além do meu limite.

No resto, minha vida tá bem agitada. Com o retorno para faculdade e trabalho tou sem tempo pra mim. Fico na ativa de segunda a sábado, quase não resta tempo para atualizar o blog ou entrar no orkut e coisas do tipo.

Ah, quanto a cicatriz, tá super tranquila a cicatrização. Não sinto absolutamente nenhum desconforto, não parece, e as vezes nem lembro que estou gastroplastizada.

O lado positivo, para mim, tem sido o aprendizado que estou tendo. A cirurgia tá meio que me obrigando a ter mais paciencia, fazer as coisas mais tranquilamente, desacelerar... Isto é muito visível nas horas da refeição.

Estou evitando pegar peso, fazer movimentos bruscos... substitui a faixa pela cinta. Ah, genteee a faixa é o Ó!!! Enrola e incomoda pra caramba! Ninguém merece....

Bom, é isto.
Tou dando apenas um oi.
Logo trago mais notícias!

Ah, e obrigadinha pelas visitas...
Lua :-)

20 de abr de 2011

PáScOA SeM ChOCoLaTe!

Hummm...
Esta pascóa será bem diferente!


Mas mesmo sem chocolate, não tenho dúvidas que será uma delícia... rs

Como todo ano, na Semana Santa, iremos para Gravatá. Me dei conta da seriedade da dieta quando estava preparando meu cardápio, afinal, serão quatro dias vendo a galerinha do mal beber cerveja gelada e comer picanha mal passada sem compartilhar deste ritual!

Estou preparando 3 malas: uma mala com roupas, outra com minha dieta e a terceira com coisas para passar o tempo quando eu achar que estou no limite do limite da resistência!

Mas sabe de uma? Nunca estive tão satisfeita e feliz com a privação da comida...

Quando penso nos benefícios que estou colhendo e no peso que estou perdendo, a minha sopinha de legumes liquidificada e coada passa a ser a refeição mais deliciosa do mundo, a papinha de farinha de aveia equivale por aquela velha torta da sweets e o inhamezinho também liquidificado e coado com requeijão light é o melhor desjejum que já provei!

Para vocês meus amigos do coração, uma feliz páscoa... Para aqueles que neste momento estão super liberados para as guloseimas desta semana, uma feliz páscoa com chocolates! E que acima de tudo, que este seja um momento de reflexão e gratidão...

Beijos :-)


17 de abr de 2011

DiEtA LíQuiDo-PaStOsA


Fui à Nutri quarta-feira de manhã, fiquei muito feliz com o progresso da gastro, perdi 8 Kg em 10 dias.
Já estou entrando na dieta líquido-pastosa... o que amei!
Não vejo a hora de comer um iamezinho amassado com requeijão! rss
Mas precisei esperar até sábado. Até o 10º dia, é muito importante seguir à risca a dieta líquida, pois até aí, existe o risco de fístula.
Graças a Deus, até aqui não enjoei, não senti fome ou mesmo vontade de comer.

Para compartilhar

Na DIETA LÍQUIDO-PASTOSA é acrescentado praticamente:

- Adoçante;
- Iorgurte light/diet líquido;
- Leite de soja;
- Queijo cremoso light;
- A sopa passa a ser líquidificada;
- Vitaminas de fruta;
- Papinha de farinha de aveia;
- Inhamezinho bem amassadinho e passado na peneira.

15 de abr de 2011

SeM DrEnO, CoM LibErDaDE


Nossaaaaaaaaaaaa....

Gente, vocês não fazem idéia de como é bom andar sem aquele "poodle" pendurado! Nada contra cachorros, eu adoooooro animais, mas era uma sacola ter aquele dreno à tiracolo...

A sensação quando se está tirando o dreno é esquisita, não dói, mas causa um certo incomodo, dá pra sentir direitinho ele saindo lá de dentro.. ashahshs

Parece que assim que ele é retirado até a postura melhora! rs (Não estava andando totalmente ereta)

Ah, e a melhor da melhora parte, consegui dormir de ladinho!!! Com um monte de travesseiro de apoio, mas consegui!

Ô noite maravilhosa... :-)


Sobre o dreno:
Ele é colocado durante a cirurgia, e nos acompanha durante a primeira semana. ele serve para retirar o excesso de líquido que fica dentro do estomago e também ajuda na obervação de fistulas (que é a abertura do grampo)

Em CaSA

Hmmm...

Hoje é dia 13/04/11 - Já estou em casa há uma semana, são 5 Kg eliminados...


Sigo todos os dias a mesma rotina:

1 - Acordo cedo e dou uma caminhada pelo apartamento (isto se repete por todo o dia)
2 - Bebo meus 2 copinhos de Glutaminha
* Daqui em diante continuo com os copinhos de 50ml a cada 15 min, a dieta líquida é composta de chás, sucos, água de coco e caldinhos, bebo na medida do possível, as vezes é muito lento e perco o horário do outro copo.


3 - Tomo banho e faço o curativo (para o curativo é usado apenas álcool 70%, soro, gaze e microporo)


4 - Faço a fisioterapia respiratória (3 vezes ao dia), que serve para expandir os pulmões e evitar retenção de líquidos. O fisio pediu para fazer por pelo menos 15 dias.


5 - Leio livros, faço palavrinhas cruzadas, assisto TV, vejo um filminho e navego pela net (já assiti os 4 filmes de Resident Evil, 3 vezes a primeira temporada de Sex in the City, Os 3 primeiros filmes de Crepusculo... uma belezinha... bom, mas tudo para não deixar meu dia um tédio)

8 de abr de 2011

A EstADa No HoSpiTaL



Me internei às 11:00h no Hospital Albert Sabin (Recife/PE). Cheia de expectativas e ansiedade. A cirurgia estava marcada para 14:00h. No entanto, tinha uma senhora de mais idade agendada para mesma tarde, e como de praxe, priorizam os mais velhos em cirurgia como esta.
Tentei relaxar, ver TV, conversar com meus pais, dormir... tudo em vão.

Fiquei me remoendo até às 18:00h, quando o anestesista entrou em meu quarto e falou que estava tudo pronto para minha subida para o bloco. Dei um pulo da cama e subi na maca com um sorriso de orelha à orelha... queria muito aquilo.
Entrei no bloco me despedindo da minha mãe, que só podia me acompanhar até a recepção, lembro de ter pedido que o cirurgião fosse falar com ela para dar uma previsão de termino, e lembro do anestesista aplicando uma injeção no meu braço, olhei pra ele e falei para caprichar, pois não queria sentir dor! Ele riu e eu apaguei... bom acordei depois de 1:30h ainda no bloco cirurgico, dei oi para as pessoas que estavam do meu lado e fui encaminhada para UTI.
Passei novamente pela recepção. Neste momento estavam meus pais e uma tia. Dei xauzinho e mandei beijinho.
Na UTI o atendimento foi VIP. Não senti a dor que pensei que sentiria. Senti muito incomodo, já que fui muito mexida. Aproveitaram o corte para tirar a minha vesícula, que tava uma verdadeira pedreira.
Fui liberada da UTI no dia seguinte por volta das 12:00h. Sai de lá na cadeira de rodas.
No quarto os ares já melhoraram um pouco. Tava com a respiração meio curtinha, evitei falar... mas andei, tomei banho e fiz fisioterapia respiratória.
Até então a pior parte era o estômago roncando... minha última refeição foi o jantar do domingo. a segunda foi dieta liquida, e já tava na quarta e nada!
Chegou a quinta, bendita quinta! Comecei a beber água e as coisas foram melhorando.... 1 copinho de 50ml a cada 1 hora. Veio a água, depois a água de coco, depois o chá de erva doce, depois os caldinhos... mhmhmhm


Confesso que resisti um pouco, tava cheia do soro, fazendo muito xixi e com medo de fístula.
Bom, enrolei nos caldinhos, mas ao mesmo tempo me esforcei muito para bebe-los. O soro com Potassio arde pacas quando entra na corrente sanguinea, era um tormento para mim, pior que o corte na barriga. E o Dramal, que usam para dor me deu muita náusea, ensaiei vomitar 3 vezes. Isso sim doeu!!!
Da quinta para sexta o negócio foi melhorando, acho que porque a alta tava próxima
Dormir razoavelmente bem, contando as "fases" do soro (eram 6).


Outra coisa chatíssima é ter um monte de treco pendurado em você (sonda, dreno, soro, medicamento)... Sexta de manhã acordei só alegria... tomei banho, esperei Seu José vim fazer o curativo, fiz fisio, bebi caldinhos, caminhei muito!!! Ah, cheguei até a visitar outros gastroplastizados que estavam no hospital! :-P
Bom, como tava muito ansiosa, liguei pro cirurgião para saber se ele demoraria muito... falou que próximo da hora do almoço ía o auxiliar dele me examinar, se estivesse tudo ótimo me dava alta.
Pense num cabra pra demorar! Chegou às 14:00h, ok que entre 12:00 e 14:00 tem quase nenhuma diferença, mas parecia mais uma dor de contração do parto (ETERNA!).
Iúpiiiii... liberada pra casa! Nem acreditei. Só precisava terminar a última dose do Dramal, fui dar mais umas voltinhas no corredor pra ver se ele descia logo, dei também uma forçadinha no gotejo para que descesse mais rápido! hehe


Bom, cheguei em casa por volta das 17:00h, paramos na casa de minha tia pra pegar uma cadeira alta, larga e confortável. É horrível sentar e levantar, são nestes momentos que lembro que o corte existe... E na farmácia para comprar remédios e material para o curativo.
Subi dois andares de escadas.. ufa!!! e cá estou eu. Vim correndo para atualizar o blog e agradecer todo o carinho das pessoas que mandaram mensagem pelo orkut, msn, que ligaram para desejar boa sorte.
Concerteza isto fez muito diferença para que a cirurgia fosse, segundo Dr. Flavio, o cirurgião, um sucesso!!!
Quarta volto no consultório para retirar o dreno, em breve trago mais novidades!

Beijos mil  :-*********

SimPLisMenTe SEu JoSé

Gente, para quem não conhece ou ainda não teve a oportunidade de conhecer o ilustríssimo Seu José, do Hospital Albert Sabin, aqui vai o link de 4 vídeos do YOUTUBE que falam um pouco sobre sua hístória. Seu José estava presente no primeiro dia de inauguração do Sabin, e mesmo aposentado, continua lá, firme e forte. É o único da enfermagem que tem autorização dos cirurgiões de gastroplastia para fazer os curativos dos "gordinhos" e acompanhar o processo hospitalar, até o dia de "alta".

Obrigada, Seu José, pelo incentivo, pelas arengas, pelos puxões de orelha, pelo encorajamento...

4 de abr de 2011

Tudo pronto... não falta nada!!!

Povo meu!
Tá chegando a hora...



Estou terminando de arrumar a mala e pensando em todo o processo pré-cirurgico para poder chegar até aqui... Chego a conclusão que a minha "bagagem" é tanto física quanto emocional.

Tou levando para o Hospital:

- 6 Pijamas (calça e blusa) para facilitar nos curativos;
- Mesma quantidade de calcinhas enormes e confortáveis;
- 3 sutiãns tipo "trifil" sem costura, para evitar que encomode no corte;
- 2 cintas pós-operatórias como a da foto da página Dicas;
- 1 meia de media compressão (");
- 1 roupa confortável para saída;
- Livros e revistas para leitura, e palavras cruzadas;
- Bloquinho para anotações, já que ficar sem falar será entediante;
- Chinelo fofinho para passear nos corredores;
- Guias de autorização da cirurgia (gastroplastia e retirada da vesícula)
- Orientação para preparação da cirurgia;
- Documentos de identificação e carteira do plano / com o pagamento para não empombarem;
- Guia do anestesista com a entrevista pré-operatória;
- Maltodextrina para prevenir...
- Netbook caso eu sinta a necessidade estrondosa de me comunicar com o mundo! :-)

(Não sei se tou esquecendo algo, sempre fica esta sensação...)


Também estou levando para o hospital:

- Expectativa;
- Medo;
- Alegria;
- Ansiedade;
- Esperança;
- Gratidão;
- Fé;
- Confiança;
- Bom humor...

(Aqui sim, devo estar esquecendo muita coisa...)

Bom, é isto, em pouco tempo estarei contando os detalhes do dia D e como será o pós.
Beijo no coração.

Hemope




Sábado de manhã fui no Hemope para fazer a classificação do sangue.
Na verdade deveria ter feito na sexta-feira de tarde, mas após horas no maravilhoso trânsito da Agamenon Magalhães decobri que tinha deixado a guia em casa. O ó do borogodó!!!
Depois de grande súplica, me autorizaram fazer no sabadão.

Algumas informações:

O Hemope funciona de segunda à sábado de 7:30 às 18:00, neste horário atendem aos doadores de sangue, para a cirurgia bariátrica são necessário 3 pessoas. Independente do tipo e fator sanguineo ser igual ao do paciente, é necessário estes doadores para reposição das bolsas de sangue.
Para quem for fazer classificação do sangue (que foi o meu caso) os dias e horários para pacientes de cirurgia eletiva são segunda à sexta de 8:00 às 17:00. Eles solicitam a guia, a identidade e a carteira do plano de saúde.

Contato:

FUNDAÇÃO HEMOPE
DISK DOAÇÃO DE SANGUE:
0800-081-1535

Eles tem um site, mas tá fora do ar: http://www.hemope.pe.gov.br/


27 de mar de 2011

Cirurgia X Menstruação

Na última sexta fui para a última consulta com o cirurgião. Foi mais um check do que tinha em mãos, então, aproveitei para tirar algumas dúvidas...

A mais "top" é em relação a semana da menstruação, que será a da cirurgia... segundo Dr. Flavio, muitas pacientes ligam preocupadas querendo remarcar quando percebem que irá coincidir. 


Mas meninas, não tem problema nenhum, a perda de sangue não influencia no procedimento... agora em relação a cólica, convenhamos... deve ser o ó! Embora já estejamos medicadas contra dor... acho pouco provavel não senti-la. Assim, força e coragem! Outro ponto levantado por ele é que devido o estresse, é normal que a menstruação fique desregulada, venha antes e logo em seguida.

Uma coisa acabou de vim a minha mente agora... Mulher sofre viu!!! :-P

24 de mar de 2011

Consulta pré-anestésica

     Ontem fui ao Anestesista  (Dr. Hypolito - contato na página "Eu Indico")a consulta foi muito tranquila, conversamos bastante...
     Ele explicou que serão duas anestesias, a Raqui e a Geral... a primeira para evitar dores quando acordar na Uti. Ótimo!!! Quando menos dor, melhor... se bem que, sejamos realistas, já soube que não tem tempo bom :-/
     Ele também falou que durante o pré operatório me visitaria no quarto do hospital, acompanharia todo o procedimento cirúrgico e faria algumas visitas no pós.
     Ficou super a disposição para tirar dúvidas e amenizar terrorismos sobre Anestisia... Adorei!

Aqui vai uma pesquisa:



Tudo que você precisa saber sobre anestesia.
Os tipos, as indicações e o que conversar com o médico anestesista.

     Anestesia é um estado de ausência completa de qualquer sensação. Apesar de o termo ser amplo, seu uso refere-se principalmente ao procedimento médico para evitar que o paciente sinta dor.

     Existem diversos tipos de anestesia, cada uma com sua indicação.
     O anestesiologista ou médico anestesista é o profissional que induz a anestesia, monitora todas as funções vitais (batimentos cardíacos, respiração, pressão arterial, temperatura corporal), mantendo-os normais ou estabilizando-os quando necessário.
     Em casos onde o paciente será submetido a procedimento cirúrgico, é comum uma consulta pré-anestésica, onde o médico anestesista avaliará o tipo mais indicado. Durante esta consulta são considerados:

•História médica pregressa e atual do paciente,
•Tipo de cirurgia a ser realizada,
•Tempo operatório,
•Exames físico e complementares do paciente.

     É essencial informar todo medicamento, chás e suplementos alimentares do qual a pessoa fez uso nas últimas semanas, além de alertar sobre alergias alimentares e medicamentosas.
     O anestesista orienta sobre o jejum pré-operatório, que deve ser em geral de 8 horas para alimentos sólidos ou leite e de 6 horas para líquidos.

Tipos de anestesia

Anestesia geral.
     Na anestesia geral a administração de medicamentos mantém o paciente inconsciente, sem dor e imóvel durante todo o procedimento. Está indicada para cirurgias do abdome, tórax, cabeça, pescoço, cirurgias neurológicas e cardíacas. Cirurgias em crianças são realizadas, normalmente com anestesia geral para evitar movimentação brusca durante os procedimentos.
     A anestesia geral pode ser aplicada por via venosa, inalatória ou ambas.

Anestesia regional.
     Anestesia regional é realizada com a administração de medicamentos em apenas algumas áreas do corpo. Este tipo de anestesia inclui:

Anestesia Raquidiana. Realizada com anestesia local, nas costas, com deposição do anestésico no líquor. O paciente fica com os membros inferiores e parte do abdome completamente anestesiados e imóveis.
Anestesia Peridural. Realizada pela adição de anestésicos locais nas costas próximos aos nervos que transmitem a sensibilidade dolorosa. Neste caso é possível se realizar o bloqueio de apenas algumas raízes nervosas.

     As diferenças entre raqui e peridural, são as quantidades totais de anestésicos, o local onde cada anestésico é administrado e o tipo de agulha utilizada.
     Ambas têm vantagens e desvantagens - O anestesiologista, durante a consulta pré-anestésica, é a pessoa mais qualificada para esclarecer suas dúvidas sobre ambas.

Bloqueios de nervos periféricos. Este tipo de anestesia o anestésico é administrado apenas ao redor dos nervos que inervam o local da cirurgia. Por exemplo, cirurgias sobre um dedo da mão podem ser realizadas com bloqueios dos nervos que inervam a mão.

Anestesia local.
     Realizada com a infiltração do anestésico em uma determinada área do corpo, sem que ocorra bloqueio de um nervo específico. A anestesia limita-se à área infiltrada, por exemplo: cirurgias plásticas e dermatológicas, extração de corpo estranho superficial, cirurgias odontológicas.

Risco da anestesia

     Com medicamentos, instrumental, novos monitores e técnicas modernas, o anestesista reduz ao máximo os riscos de uma anestesia, mas é impossível que sejam nulos.
     Alguns fatores aumentam o risco da anestesia:

•Operações de grande porte e prolongadas;
•Condição clínica ruim do paciente;
•Emergência e ausência de preparo pré-anestésico.

Fonte: http://www.bancodesaude.com.br/saude-homem/tudo-sobre-anestesia

17 de mar de 2011

ViSitA à NuTri

Bom, cá estou eu para dar continuidade a minha incrível jornada!

Hoje fui na última consulta com a Nutricionista antes da cirurgia... Vixe!!! Acabei de me dar conta de como está perto (Quando a gente escreve ajuda a clarear e a nortear alguns pensamentos).

Achei muito legal a atenção e cuidados dela em explicar todos os detalhes da cirurgia e da dieta pré e pós cirúrgica (no caso, a líquida).

De imadiato preciso fazer uma dieta rica bem nutritiva e equilibrada, isto me ajudará no pós, cicatrização, imunidade, estas coisas.
Uma semana antes vou começar a tomar Glutamina* - (10g) 1 vez ao dia.
No dia anterior a cirurgia, inicia a dieta líquida e Glutamina - (20g) 2 vezes ao dia.

Descobri que:

é proibido açúcar e lactose durante esta dieta;
- tudo deve ser adoçado com Maltodextrina**;
- água de coco empacha;
- tudo tem que estar muito bem coado, usa-se peneira e dentro colca-se uma gaze;
a dieta é composta por apenas: água de coco, chás (exceto mate e preto), e sucos (mimo, melão, melancia, caju, pitanga. acerola, pera, maçã e graviola), serão 50 ml a cada 15 min;
- nunca deve-se forçar para beber, não deu - não deu.

Aqui estão minhas anotações, não resisti... o detalhe é que preciso escrever para memorizar - hehe:


E aqui contatos para vitaminas:


Espero ter ajudado...
Ah, o retorno a Nutri acontece 15 dias após a cirurgia! :-)

* Glutamina:

A glutamina exerce funções muito importantes para o corpo, que são: (a) manutenção do sistema imunológico; (b) equilíbrio do balanço ácido/básico durante estado de acidose; (c) possível reguladora da síntese e da degradação de proteínas; (d) controle do volume celular; (e) desintoxicação corporal do nitrogênio e da amônia; (f) controle entre o catabolismo e anabolismo; (g) no combate à síndrome do overtraining (OTS); (h) precursor de nitrogênio para a síntese de nucleotídeos.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Glutamina

* Maltodextrina:


Maltodextrina é um carboidrato complexo de absorção gradativa proveniente do amido de milho. Ela fornece energia e retarda a fadiga porque proporciona a liberação gradual de glicose para o sangue.

A maltodextrina contém polímeros de dextrose/glicose, compostos de açúcar unidos que são mais fáceis de serem assimilados e utilizados pelo corpo. Estes polímeros são metabolizados de forma lenta e constante, o que pode ajudar a sustentar os níveis de energia durante atividades que necessitam de resistência .
Fonte: http://www.corpoperfeito.com.br/ce/maltodextrina



15 de mar de 2011

Gastroplastia - Início de uma saga

Parece mais história em quadrinhos, mas faz tempo que descobri que os nossos problemas, angustias e preocupações de uma forma geral, ficam bem mais fáceis de serem suportados quando compartilhado. E é exatamente esta a minha idéia, compartilhar com todos (os interessados) minha trajetória de decisão pela Gastroplastia.

Assim, nada melhor do que registrar todos os passos, curiosidades, dúvidas, ansiedades, alegrias e medos (sim, muito medo) que foram surgindo ao longo deste caminho.

Primeiro, quero deixar muito claro, que não foi uma decisão fácil... nunca fui uma Gisele Bündchen da vida, mas também nunca tinha pesado 120 Kg. Sim, isto mesmo, 120 Kg numa estatura de 1,70 m. Embora minha imagem corporal estivesse muito longe disso. Nunca tinha entendido o quanto estava grande até pegar uma calça e me espantar com a largura quando estava pendurando-a no varal.

Meu histórico sempre foi sanfona, talvez a palavra mais apropriada seja sanfoninha... comecei a engordar mesmo na época do vestibular (maldito e bendito!)... aí vieram as broncas relacionadas a trabalho, estresse familiar, faculdade... e parecia que tudo era resolvido através da comida. Todo obeso sabe do que estou falando, a maravilhosa sensação de sentir-se preenchido, sendo que através da comida! Forma errada, claro, mas muito consciente e aceita por quem gosta e sente prazer em comer. É como se você tivesse acesso a tudo,a sentir diversos aromas, saborear e escolher o alimento... encher a boca de agua ao ver uma torta crocante da Sweets ou a coxinha de frango com queijo do reino da Mercearia Amélia! Hehehe

Bem, voltando a decisão da gastro... após inúmeras visitas a Endocrinos e Nutricionista do decorrer dos anos, o histórico sanfoninha e a explosão calórica e hormonal que me fez engordar 30 Kg após o nascimento da minha filha, comecei a pensar (mas juro que bem de leve) na possibilidade de fazer a Gastroplastia.

O primeiro passo foi pesquisar, pesquisar e pesquisar.
Salve salve o Google!!!

Naveguei várias horas por sites como:

http://www.gastroplastia.net/
http://www.exgordo.com.br/
http://www.magraemergente.com/
http://www.gastrocirurgia.com/
http://www.gastrobeso.com.br/

E muitos outros sites, blogs, youtube (fiz questão de assistir a cirurgia, mas não indico! pense num treco trash) e cia limitada.

Alguns super interessantes e instrutivos, outros altamente nada a ver e completamente fantasiosos.

Um outro passo foi procurar bons cirurgiões, e o principal... alguém que transmitisse propriedade, expertise, confiança. O plano de saúde me indicou alguns médicos, marquei alguns, mas foi com o Santo de Flávio Kreimer que o meu bateu!

Lá fui eu pesquisar sobre ele:
http://www.google.com.br/
www.sbcb.org.br/

Fora artigos e fofocas do google, pesquisei na Sociedade brasileira de Cirurgia Bariátrica e pedi indicações para amigos da área.

Marcada a primeira consulta me surpreendi com a quantidade de médicos e exames:


E olha que ainda faltam todas as ídas à Psicoterapia!!!
Durate a maratona de médicos mil dúvidas íam surgindo, e o melhor recurso que utilizei foi conversar muitooo com médicos, com o cirurgião, com gastroplastizados.
A galera da comunidade do Orkut realmente fez parte efetiva neste processo, a ponto de meu marido denominá-los como "melhores amigos do orkut". Risos. Irônico ou não, de fato me ajudaram a entender melhor cada etapa deste longo processo.




Ah, um detalhe muito importante, é que meu marido fez a gastroplastia há uns 6 - 7 anos atrás, e por vários motivos não me apoia nesta decisão. E olha, eu o entendo muito bem. As pessoas falam muito da parte "boa" e nem sempre são verdadeiros nas "más". Baseado nisto, selo uma promessa: serei muito objetiva e verdadeira em tudo que passarei daqui pra frente!

Começando pelo MIX de sentimentos e a imensa ansiedade que estou sentindo. Pois a cirurgia já está marcada...

DIA 05/04/2011



O dia que em que vou pro casulo!!! 
:-****